CONFIRA DADOS SOBRE O INVESTIMENTO QUE MUDARÁ O NOSSO FUTURO

A escolaridade na primeira infância é fator relevante para o desenvolvimento e o bom desempenho do indivíduo no decorrer da vida. Quem afirma é o norte-americano, Nobel em Economia, James Heckman, que, com o Programa Perry Preschool, comprovou que o retorno para a sociedade, por cada dólar investido, é maior quanto mais cedo for o investimento na educação da criança nos primeiros anos de vida.

Segundo o economista, o momento crítico para se moldar a produtividade é do nascimento até os cinco anos de idade, quando o cérebro se desenvolve rapidamente para construir as bases das habilidades cognitivas e de caráter necessárias para o sucesso na escola, na saúde, na carreira e na vida.

A Lei de diretrizes e bases da educação nacional também destaca a importância da educação infantil: “primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança de até 5 (cinco) anos, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade”.

“Esses são apenas dois exemplos do reconhecimento crescente no Brasil e no mundo da importância do acesso da criança à escola nos seus primeiros anos de vida. Assim como a solidez de um prédio depende da qualidade das suas fundações, a educação infantil deve ser vista como a base para o desenvolvimento integral da criança, e seu impacto será percebido ao longo de toda a vida. Como mostra o estudo realizado pela Perry Preschool, esse impacto costuma inclusive alcançar a geração seguinte”, destaca Pedro Flexa Ribeiro, diretor do Sinepe Rio.

“A perspectiva para 2023 é de prosseguimento das atividades presenciais, com as escolas abertas. É importante sensibilizar as famílias para os muitos benefícios que a vivência na escola traz para a formação acadêmica e emocional das crianças”, completa o diretor.